SOBRE O GRUPO

O grupo Máscara EnCena nasce em 2014, em Porto Alegre (RS), a partir do encontro de artistas com o desejo de investigar a potencialidade artística da máscara na cena contemporânea. O grupo formado pelos artistas Alexandre Borin, Camila Vergara, Fábio Cuelli e Mariana Rosa vem se destacando na cena através dos espetáculos Imobilhados (2017) e 2068 (2019), ambos com direção de Liane Venturella.

 

Os espetáculos renderam importantes indicações e prêmios, regionais e nacionais, como o Prêmio Açorianos de Melhor Produção, Direção e Cenografia, o Prêmio CENYM de Teatro Nacional de Melhor Grupo e o Prêmio Braskem de Melhor Direção e Trilha Sonora. O espetáculo Imobilhados teve sua estreia internacional em 2019 no Festival Masq’Alors (Canadá) e circulou pelos estados do RS e de SP através dos Editais SESI Viagem Teatral e FAC #juntospelacultura, além de participar de festivais nacionais.

 

Paralelamente aos espetáculos, o grupo vem realizando projetos pedagógicos como a Residência Artística Territórios da Máscara (que completou a 5º edição em 2020 com a vinda do artista Hajo Schüler – Cia Familie Flöz/Alemanha) e a Oficina Corpo-Máscara. Em 2018 foi convidado a participar da abertura da 11º Bienal do Mercosul, com performance dirigida por Liane Venturella.

 

Desde 2020, o grupo vem pesquisando a relação entre a máscara e a linguagem audiovisual, destacando-se os vídeos Imobilhados na Quarentena (Edital Itaú Cultural Arte como Respiro – colaboração com Eroica_conteúdo) e 206820 (Prêmio Braskem de Artes Cênicas – direção de Mauricio Casiraghi).

Máscara EnCena Grupo.jpg

artistas

Alexandre Borin

Ator

Alexandre Borin

Alexandre é ator, graduado e mestre em Teatro pela UFRGS. É cofundador do grupo Máscara EnCena. Iniciou sua formação artística em 2007 com o diretor Irion Nolasco. Dentre os principais trabalhos estão: Yvonne, princesa da Borgonha (2008), A Serpente (2009), Noite de Walpurgis (2011), A Serpentina ou Meu Amigo Nelson (indicado a Melhor Ator no Prêmio Açorianos de Teatro - categoria Revelação, 2012); Quem Tem Medo de Virgínia Woolf? (Indicado a Melhor Ator no Prêmio Açorianos de Teatro - 2013), Estranho Cavaleiro (Indicado a Melhor Ator Coadjuvante no Açorianos de Teatro - 2013), Imobilhados (2017) e 2068 (2019). Trabalhou com diretores de expressiva atuação artística, como Irion Nolasco, Evelise Mendes e Liane Venturella. Estudou com Raquel Sokolowicz (Argentina), Cia Familie Flöz (Alemanha) e com Tiche Vianna (Barracão Teatro – SP), com foco no aperfeiçoamento da interpretação teatral.

Camila Vergara

Atriz e bailarina

Camila Vergara

Camila é atriz, bailarina, professora e produtora cultural. Formada em Teatro - Licenciatura na UFRGS (2016), é mestranda em Artes Cênicas no PPGAC UFRGS. É cofundadora do grupo Máscara EnCena, destacando-se os espetáculos Imobilhados (2017) e 2068 (2019), ambos com direção de Liane Venturella. É idealizadora do projeto de ensino Suculentas (dança e improvisação). Em sua formação complementar consta o Curso Profissionalizante de Atores do TEPA (2011) com especialização em Estilos Teatrais com Daniela Carmona (2012), estudos com Tiche Vianna (Barracão – Campinas), Philippe Gaulier (França), Raquel Sokolowicz (Argentina), Adriano Iurissevich (Itália), Roberta Carreri (Odin Teatret) e Serge Nicolai (Théâtre du Soleil). Estuda dança há mais de 20 anos, com formação no Método Royal Ballet of London e especialização em dança contemporânea com Eva Schul, Andrea Spolaor, Lisi Estaras (Les Ballets C de la B), Shamel Pitts (Batsheva Dance Company), Morena Nascimento e Dudude Hermann.

Fábio Cuelli

Ator e mascareiro

Fábio Cuelli

Fábio Cuelli é ator, professor de teatro, mascareiro e agente cultural. É cofundador do grupo Máscara EnCena, destacando-se os espetáculos Imobilhados (2017) e 2068 (2019), ambos com direção de Liane Venturella. Graduado em Teatro – Licenciatura na UFRGS. Em sua formação complementar consta a realização do Master in Commedia dell’Arte na Accademia Teatrale Veneta: Scuola di Teatro a Venezia (Itália) e a residência artística Sommer Akademie com a Cia Familie Flöz (Alemanha), onde pesquisou o uso e a confecção da máscara inteira humana. Aperfeiçoou os estudos em confecção de máscaras com Alfredo Iriarte (Uruguai). Integrou cursos com Daniela Carmona, Tiche Vianna e Ésio Magalhães (Barracão – Campinas), Raquel Sokolowicz (Argentina), Adriano Iurissevich (Itália). Seus principais trabalhos como ator são Travessia – uma commedia trágica (direção de Adriano Iurissevich), Passagem para Dois (direção de Tiche Vianna – Barracão Teatro), Movimentos Sobre Rodas Paradas e O Gordo, O Magro e o Muro (Cia In.Co.Mo.De-Te de Teatro). Na confecção de máscaras, dedica-se na direção de criação e realização de máscaras pedagógicas e de espetáculo para grupos, companhias e escolas profissionalizantes de teatro nas cidades de Porto Alegre, Montenegro, Rio de Janeiro, Campinas e Manaus. Como professor de Teatro integrou o curso profissionalizante de Teatro da Escola Tem Gente Teatrando de 2017 a 2021, onde orientou disciplinas de teoria do teatro, prática cênica e orientou os monólogos de conclusão do curso.

Mariana Rosa

Atriz

Mariana Rosa

Mariana é atriz, professora de teatro e produtora cultural. Graduada em Teatro - Licenciatura pela UFRGS e Mestra pelo Programa de Pós Graduação em Artes Cênicas pela UFRGS. Integrante do grupo Máscara EnCena. Pesquisadora no grupo de pesquisa Palavra, Vocalidade e Escuta nas Artes Cênicas e Radiofônicas sob orientação de Mirna Spritzer na UFRGS. Em sua formação constam artistas como: Thomas Leabhart (EUA), Oscar Cornago (Espanha), Juan Navarro (Espanha), Raquel Sokolowicz (Argentina), Tiche Vianna (Barracão - Campinas), Daniela Carmona e Hajo Schüller (Familie Floz - Alemanha). Participou da residência com o grupo Generik Vapeaur, atuando no espetáculo Bivouac. Seus principais espetáculos no teatro gaúcho foram: #7XBECKETT, O Casal Palavrakis e Expresso Paraíso com direção de Mauricio Casiraghi, e Imobilhados e 2068, ambos do grupo Máscara EnCena, com direção de Liane Venturella. Expresso Paraíso lhe rendeu a indicação ao Prêmio Açorianos de Teatro 2019 de Melhor Atriz Coadjuvante. Seu mais recente trabalho como atriz e produtora foi a performance urbana BANDO, do grupo Máscara EnCena, com direção de Mauricio Casiraghi.

histórico

2014 - Início da pesquisa do grupo Máscara EnCena. 

2015 - Inicia a parceria com a diretora Liane Venturella que acaba originando a performance "Exposição" no Centro Cultural CEE Erico Veríssimo. 

2016 -  I Edição da Residência Artística Territórios da Máscara, em parceria com o Grupo Trompim (Caxias do Sul - RS) - Artista convidado: Adriano Iurissevich (Itália).

2017

 

- II Edição da Residência Artística Territórios da Máscara - Artista convidada: Liane Venturella (Porto Alegre - RS).

 

- Estreia do espetáculo Imobilhados, na Sala Álvaro Moreyra, em Porto Alegre.

- Circulação Imobilhados pelos Festivais: 32º FESTIVALE (São José dos Campos - SP) e 19º Caxias em Cena (Caxias do Sul - RS).

- Temporada do espetáculo Imobilhados no Centro Histórico-Cultural Santa Casa, em Porto Alegre. 

- O grupo promove a vinda do mascareiro Alfredo Iriarte (Cabuia - Argentina) à Porto Alegre com o Seminário: "Máscaras na prática teatral: desde a confecção até a pedagogia e a criação cênica."

2018

 

- III Edição da Residência Artística Territórios da Máscara - Artista convidada: Tiche Vianna (Barracão/ Campinas - SP)

- Imobilhados na III Mostra SESC de Teatro de Passo Fundo e no Festival Palco Giratório SESC RS. 

- Imobilhados recebe 7 indicações ao Prêmio Açorianos de Teatro 2017, vencendo em 3 categorias: Melhor Direção (Liane Venturella), Melhor Produção (Máscara EnCena) e Melhor Cenário (Rodrigo Shalako). 

- Performance artística na noite de abertura da 11º Bienal do Mercosul (Porto Alegre - RS).

- Imobilhados no 25º Porto Alegre em Cena, concorrendo ao Prêmio Braskem em Cena, onde recebe o Prêmio de Melhor Direção, para Liane Venturella. 

2019 

 

- IV Edição da Residência Artística Territórios da Máscara - Artista convidada: Daniela Carmona (Porto Alegre - RS).

- Circulação Imobilhados, pelo estado de SP - SESI VIAGEM TEATRAL. 

- Circulação Imobilhados, pelo estado do RS - Pró Cultura RS - FAC #juntospelacultura.

- Imobilhados no Festival Masq'Alors - Quebec (Canadá). 

- Estreia do espetáculo 2068, selecionado no edital Ponto de Teatro do Instituto Ling (Porto Alegre - RS). 

2020

- V Edição da Residência Artística Territórios da Máscara - Artista convidado: Hajo Schüler (Cia Familie Flöz - Alemanha). 

- 2068 e Imobilhados integram a programação do Festival Porto Verão Alegre. 

- 2068 recebe 6 indicações no Prêmio Açorianos de Teatro 2019, incluindo Melhor Espetáculo e vence na categoria Melhor Produção.

 

- 2068 recebe 6 indicações no Prêmio Olhares da Cena 2019, incluindo Melhor Espetáculo e vence na categoria Melhor Trilha Sonora.

- 2068 recebe 14 indicações no Prêmio CENYM de Teatro Nacional, incluindo Melhor Espetáculo e vence nas categorias Melhor Grupo e Efeitos Sonoros. 

- Estreia do filme "Imobilhados na Quarentena", contemplado no Edital Itaú Arte como Respiro. Colaboração com Eroica_conteúdo. 

- Estreia do filme "206820", contemplado no Prêmio Braskem de Artes Cênicas (Festival Porto Alegre em Cena). Filme com direção de Mauricio Casiraghi. Vencedor do Prêmio Braskem de Melhor Trilha Sonora (Caio Amon). 

- 2068 contemplado no Prêmio FUNARTE Festival de Teatro Nacional.