• Facebook | Máscara EnCena
  • Instagram | Máscara EnCena
  • Vimeo | Máscara EnCena

© Máscara EnCena, 2017 | Porto Alegre, Brasil  + 55 51 99519.5589 

SOBRE O GRUPO

O grupo Máscara EnCena nasce em 2014, em Porto Alegre (RS), a partir do encontro de artistas com o mesmo desejo: investigar a potencialidade artística da máscara. Alexandre Borin, Camila Vergara, Fábio Cuelli e Mariana Rosa buscaram formação com expoentes da máscara no Brasil e exterior como a Cia Familie Flöz, a École Philippe Gaulier, Serge Nicolai (Théâtre du Soleil), Tiche Vianna e Daniela Carmona.

Em 2017, o grupo estreia o espetáculo Imobilhados, com direção de Liane Venturella, artista colaborada do grupo desde 2015. Sucesso de público e crítica, Imobilhados foi indicado em 7 categorias no Prêmio Açorianos de Teatro, incluindo Melhor Espetáculo, e venceu em 3 categorias: Melhor Direção (Liane Venturella), Melhor Produção (grupo Máscara EnCena) e Melhor Cenografia (Rodrigo Shalako). Concorreu ao Prêmio Braskem em Cena, levando o Prêmio de Melhor Direção para Liane Venturella. Foi indicado em 5 categorias no Prêmio CENYM de Teatro Nacional, incluindo Melhor Grupo, levando os prêmios Melhor Cenografia e Melhores Efeitos Sonoros e Trilha Sonora Fragmentada e foi indicado em 8 categorias no Prêmio Olhar(es) da Cena. O espetáculo percorreu alguns Festivais como o Festival SESC Palco Giratório RS, 32º FESTIVALE (São José dos Campos - SP), 19º Caxias em Cena (Caxias do Sul - RS), 19º Mostra Sesc de Teatro de Passo Fundo (Passo Fundo - RS), 25º Porto Alegre em Cena e 2º FIMC – Festival Internacional de Máscaras do Cariri, além de fazer circulação pelo estado de SP, através do SESI Viagem Teatral e pelo estado do RS, através do edital Pró Cultura RS - FAC. 

Paralelamente, o grupo realiza a Residência Artística Territórios da Máscara, partindo já para a 5º edição; a Oficina Corpo-Máscara e desenvolve projetos de intervenção urbana e criação de vídeos. Em 2018, foi convidado a participar da abertura da 11º Bienal do Mercosul, com performance dirigida por Liane Venturella. 

histórico

2014 - Início da pesquisa do grupo Máscara EnCena. 

2015 - Inicia a parceria com a diretora Liane Venturella que acaba originando a performance "Exposição" no Centro Cultural CEE Erico Veríssimo. 

2016 - I Edição da Residência Artística Territórios da Máscara, em parceria com o Grupo Trompim (Caxias do Sul - RS) - Artista convidado: Adriano Iurissevich (Itália).

2017 - II Edição da Residência Artística Territórios da Máscara - Artista convidada: Liane Venturella (Porto Alegre - RS).

 

- Estreia do espetáculo Imobilhados, na Sala Álvaro Moreyra, em Porto Alegre.

- Circulação Imobilhados pelos Festivais: 32º FESTIVALE (São José dos Campos - SP) e 19º Caxias em Cena (Caxias do Sul - RS).

- Temporada do espetáculo Imobilhados no Centro Histórico-Cultural Santa Casa, em Porto Alegre. 

- O grupo promove a vinda do mascareiro Alfredo Iriarte (Cabuia - Argentina) à Porto Alegre com o Seminário: "Máscaras na prática teatral: desde a confecção até a pedagogia e a criação cênica."

2018 - III Edição da Residência Artística Territórios da Máscara - Artista convidada: Tiche Vianna (Barracão/ Campinas - SP)

- Imobilhados na III Mostra SESC de Teatro de Passo Fundo e no Festival Palco Giratório SESC RS. 

- Grupo recebe 7 indicações ao Prêmio Açorianos de Teatro 2017, vencendo em 3 categorias: Melhor Direção (Liane Venturella), Melhor Produção (Máscara EnCena) e Melhor Cenário (Rodrigo Shalako). 

- Performance artística na noite de abertura da 11º Bienal do Mercosul (Porto Alegre - RS).

- Imobilhados no 25º Porto Alegre em Cena, concorrendo ao Prêmio Braskem em Cena, onde recebe o Prêmio de Melhor Direção, para Liane Venturella. 

2019 - IV Edição da Residência Artística Territórios da Máscara - Artista convidada: Daniela Carmona (Porto Alegre - RS).

- Circulação Imobilhados, pelo estado de SP - SESI VIAGEM TEATRAL. 

- Circulação Imobilhados, pelo estado do RS - Pró Cultura RS - FAC. 

- Imobilhados no Festival Masq'Alors - Quebec (Canadá). 

- Estreia do espetáculo 2068, selecionado no edital Ponto de Teatro do Instituto Ling (Porto Alegre - RS). 

 © Claudio Etges

artistas

Alexandre Borin

ator

Cofundador do grupo Máscara EnCena, no qual dedica-se como ator. Graduado em Teatro pela UFRGS e mestrando do Programa de Pós-graduação da UFRGS. Dentre os principais trabalhos estão: Noite de Walpurgis (Melhor Espetáculo no Açorianos de Teatro - 2011); A Serpentina ou Meu Amigo Nelson (Vencedor de quatro prêmios Açorianos Mais teatro Revelação - 2012); Quem Tem Medo? (Indicação a Melhor Ator no Prêmio Açorianos de Teatro - 2013) e Estranho Cavaleiro (Indicação a Melhor Ator Coadjuvante no Açorianos de Teatro - 2013). Estudou com Adriano Iurissevich (Itália), Raquel Sokolowicz (Argentina), Eneida Dreher, Simone Rorato e com a Cia alemã Familie Flöz.

Camila Vergara

atriz e produtora

Cofundadora do grupo Máscara EnCena, no qual dedica-se como atriz e produtora. Formada pelo Curso de Formação de Atores do TEPA (RS) e graduada em Teatro - Licenciatura pela UFRGS. Aperfeiçoou seus estudos com renomados artistas como: Daniela Carmona, Jezebel de Carli, Tiche Vianna (Barracão – Campinas), Philippe Gaulier (França), Raquel Sokolowicz (Argentina), Adriano Iurissevich (Itália), Roberta Carreri (Odin Teatret), Serge Nicolai (Théâtre du Soleil), Lisi Estaras (Les Ballets C de la B) e Shamel Pitts (Batsheva Dance Company). Participou, a convite de Serge Nicolai, do 19º Reencontre International de Théâtre en Corse - L'ARIA. No teatro gaúcho, destacam-se os trabalhos com os grupos Teatro Geográfico e Falos & Stercus. Na dança, possui ampla experiência em ballet clássico e dança contemporânea.

Fabio Cuelli

ator e mascareiro

Cofundador do grupo Máscara EnCena, no qual dedica-se como ator e mascareiro. Cursa Licenciatura em Teatro na UFRGS. Integra a Cia In.Co.Mo.De –TE desde 2016, com o espetáculo Movimentos Sobre Rodas Paradas. Dentre os principais trabalhos está o espetáculo Travessia – Uma Commedia Trágica, dirigido por Adriano Iurissevich (Itália). Atua no grupo Trompim Teatro (Espetáculo Marilu), na Associação Teatral Miseri Coloni e Têm Gente Teatrando. Em sua formação possui nomes como: Tiche Vianna, Regina Oliveira, Ricardo Puccetti, Pepe Nunes (Espanha), Hajo Shuler (Alemanha) e Ana Woolf (Argentina). Realizou o Master em Commedia dell’Arte pela Accademia Teatrale Veneta (Itália), com Adriano Iurissevich e participou do Summer Akademie com a Cia. alemã Familie Flöz – Tuscania (Itália).

Mariana Rosa

atriz

Integrante do grupo Máscara EnCena, desde 2016, no qual dedica-se como atriz. Graduada em Teatro - Licenciatura pela UFRGS. Mestra pelo Programa de Pós Graduação em Artes Cênicas da UFRGS. Em sua formação consta: Thomas Leabhart, Oscar Cornago, Juan Navarro, Raquel Sokolowicz e Janete El Haouli. Fez a residência com o grupo Generik Vapeaur, participando do espetáculo Bivouac. Seus principais trabalhos foram os espetáculos: Avenida Cores por Todo Lugar, com direção da Ato Espelhado Cia Teatral; #7XBECKETT e O Casal Palavrakis com direção de Maurício Casiraghi; Historietas com direção de Rodrigo Marquez. 

Please reload

colaboradores

Liane Venturella

direção

Atriz, produtora e diretora. Cofundadora da Cia In.Co.Mo.De-TE. Formada em Relações Públicas pela PUCRS, tendo cursado Arte Dramática na UFRGS. Formou-se em Londres na Desmond Jones School of Mime and Phisical Theatre e na École Philippe Gaulier. Participou de inúmeras montagens teatrais, dentre as quais: A Bela Adormecida (Troféu Quero-Quero Sated de melhor atriz); Decameron (Cia. Stravaganza), Uma professora muito maluquinha; Auto da compadecida (Prêmio Açorianos de Melhor Atriz Coadjuvante - 2001); Doroteia; Toda nudez será castigada; Aquelas duas e Calamidade (Prêmio Açorianos de Melhor Atriz - 2006). Trabalhou em vários projetos no cinema e televisão: Super Flufli, A Feijoada, Skethces e Pesadelo, Caminhos Cruzados e 4 Destinos. Dirigiu os espetáculos: A saga de um homem comum, O gordo e o magro vão para o céu, Do limão a limonada, Brechó da Humanidade, Ícaro, entre outros. Colabora com o Máscara EnCena desde 2015 e recebeu o Prêmio Açorianos de Teatro 2017 de Melhor Direção por Imobilhados. 

Caio Amon

direção musical

Compositor e produtor musical formado pelo Conservatório de Amsterdã, pelo Musicians Institute de Los Angeles e pela Faculdade de Filosofia da PUCRS. Desde 2001 compõe trilhas para teatro, dança, cinema e publicidade, levando para a cena uma abordagem cinematográfica da música e do som. Dentre suas trilhas estão: Vento (Prêmio de Melhor Trilha Sonora no Festival de Gramado - 2016), O Homem que Conserta Estrelas (Prêmio RBS Histórias Curtas de Melhor Trilha Sonora - 2013) e Habitantes d’Ela (Prêmio Açorianos de Teatro de Melhor Trilha Sonora - 2016). Foi colaborador na trilha e som de projetos da Casa de Cinema, Zeppelin e longa-metragens nacionais e séries de TV como Ponto Zero, Um Contra Todos, Dalua Downhill, A História do Amor e Mais Uma Canção. No Máscara EnCena, recebeu indicação ao Prêmio Açorianos de Teatro 2017 pela trilha sonora original de Imobilhados. 

Fabiana Santos

iluminação

Graduada em Teatro - Licenciatura na UFRGS. Durante dois anos foi bolsista de iluminação nesta Universidade, realizando diversos trabalhos de concepção de luz. Trabalhou nos espetáculos Por Você, direção Márcio Barreto; O País de Helena e Concentração, direção de Ana Paula Zanandréia; Quem Tem Medo de Virgínia Wolff, direção Evelise Mendes; (E)terno e Os Por Fora Da Cousa, direção de Márcio Ramos; O Que Seria do Vermelho se não fosse o Azul, Violência e Paixão, Um Verdadeiro Cowboy e Bukowski, direção de Roberto Oliveira e A Mecânica Do Amor e A Partícula de Deus, direção de Júlio Conte.

Please reload